Operação mira policiais que atuam como milicianos e traficantes no Rio

Cumpridos 16 mandados de prisão

51 mandados de busca e apreensão

A polícia do Rio de Janeiro deflagrou na manhã desta 5ª feira (9.jul.2020) uma operação que mira policiais que atuam no tráfico de armas e drogas. A milícia investigada atua em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio.

A ação é coordenada pela Delegacia de Homicídios e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). A operação, chamada de “Porto Firme”, cumpre 16 mandados de prisão e 51 mandados de busca e apreensão.

Entre os investigados estão 4 policiais militares, 2 deles são alvos de prisão e 2 de busca e apreensão. O principal alvo é o capitão da Polícia Militar Leonardo Magalhães Gomes da Silva, o Capitão Leo.

À CNN, o delegado Antônio Ricardo Nunes disse que trata-se de uma “narcomilícia” armada que atua no tráfico de entorpecentes e armas.

Fonte: Poder360.



Categorias:Home, Justiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: