Toffoli suspende inquérito contra Aécio Neves

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo, suspendeu o andamento de inquérito contra o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) até que ele tenha acesso a delações dos diretores da OAS e da empreiteira Santa Bárbara. Toffoli também cancelou depoimento do deputado que estava marcado para o dia 6 de agosto.

De acordo com Toffoli, Aécio está sendo submetido a “constrangimento ilegal” por não ter conhecimento das acusações. O ministro deu 48 horas para que a juíza responsável pelas investigações se pronuncie sobre as alegações do deputado.

Leia a decisão de Toffoli:

O inquérito apura informações prestadas pelos delatores de que Aécio recebeu propina quando era governador para favorecer a OAS e a Santa Bárbara em obras da Cidade Administrativa, em Minas Gerais. Ele também é acusado de caixa dois eleitoral.

Aécio reclama de ter sido indiciado no inquérito, mas não ter tido acesso aos autos da investigação, o que viola a jurisprudência do STF.

Fonte: O Antagonista.



Categorias:Home, Justiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: