‘Deixa ela falar’, diz presidente a mulher que gritou ‘fora Bolsonaro’ no Pará

Presidente tecia elogios ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e foi surpreendido com o grito

Durante um discurso na inauguração do Projeto Belém Porto Futuro, no Pará, nesta quinta-feira (13/8), o presidente Jair Bolsonaro ouviu críticas de uma mulher que estava na plateia, entre os apoiadores do chefe do Executivo. Bolsonaro tecia elogios ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e foi surpreendido com um “Fora Bolsonaro”. Os bolsonaristas então começaram a contestar a mulher com vaias e reclamações.

No entanto, o presidente interrompeu o discurso e respondeu: “Tem todo o direito de falar “fora”. Vamos fazer silêncio para ela falar “Fora Bolsonaro” sozinho. Deixa ela falar, fique a vontade. Tudo bem”, disse Bolsonaro.

Em seguida, ele continuou o discurso, dessa vez, defendendo uso da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19. Segundo o presidente, ele é a “prova viva de que deu certo”. A medicação, no entanto, não possui eficácia científica comprovada.

Bolsonaro ainda afirmou que, caso os mais de 100 mil vitimados fatalmente pelo coronavírus tivessem sido tratados com a hidroxicloroquina, poderiam estar vivos. “Muitos médicos defendem esse tratamento e sabemos que mais de 100 mil pessoas morreram no Brasil que caso tivessem sido tratadas lá atrás com esse medicamento, poderiam essas vidas ter ter sido evitadas. Aqueles que criticaram a cloroquina não apresentaram alternativas”, apontou.

Família

O presidente Bolsonaro também discursou sobre família, lembrou  os 25 anos do falecimento do pai e criticou governos anteriores, dizendo que os mesmos vinham desvalorizando e atacando a instituição familiar.

“Todos nós temos dias que marcamos no ano. Hoje, neste 13 de agosto, faz 25 anos que meu pai me deixou. Quando se fala em pai e mãe, fala-se em família, essa família tão esquecida, tão atacada nos últimos governos. Isso também pesou para que alguém, em conformidade com a maioria de vocês, conservador e cristão, chegasse ao governo. Lembra do meu pai mas também agradeço a Deus ter me dado a chance de uma segunda vida naquele 6 de setembro de 2018”, disse.

Bolsonaro afirmou que a Presidência “não está sendo fácil” e comparou o trabalho com uma missão. “Sabia que não seria fácil, como não está sendo. É uma missão. A cruz é pesada, mas ele não nos dá algo que não podemos carregar e eu carrego essa cruz juntamente com o povo de bem, com o povo que quer mudar o destino de sua nação, agradeço a vocês”, concluiu.

Fonte: Correio Braziliense.



Categorias:Home, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: