Empresário ligado a Aécio é delatado por operador da Fecomércio

“Um dos anexos do acordo de Orlando Diniz mantidos em sigilo pelo MPF trata da relação do ex-todo-poderoso da Fecomércio do Rio de Janeiro com o empresário Alexandre Accioly”, diz a Crusoé.

Já apontado como operador de Aécio Neves, Accioly aparece também em inquéritos da Lava Jato relacionados a Sérgio Cabral.

“No total, diz Orlando Diniz, a Fecomércio repassou cerca de 14 milhões para a empresa de Accioly. O empresário devolveu 700 mil reais em espécie a Diniz.”

Leia aqui a reportagem completa de Fabio Serapião, intitulada “Empresário ligado a Aécio é delatado: dinheiro em caixa de sapatos”.

Fonte: O Antagonista.



Categorias:Home, Lava Jato

Tags:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: