Lava Jato denuncia donos da Avianca por corrupção na Transpetro

A Lava Jato no Paraná denunciou hoje os irmãos Germán Efromovich e José Efromovich, donos da Avianca, por corrupção e lavagem de dinheiro em contratos firmados com a Transpetro para construção de navios por estaleiros de propriedade dos dois.

O prejuízo à estatal foi calculado em R$ 650 milhões. Eles entregaram apenas um dos 12 navios contratados, mesmo recebendo valores adiantados com devolução de uma parte para pagamento de propina a Sérgio Machado, que presidia a Transpetro.

“O esquema de corrupção nos contratos para construção de navios gerou prejuízos incalculáveis para a Transpetro e a indústria naval brasileira. Movido pelo recebimento de vantagens indevidas milionárias, Sérgio Machado praticou atos para favorecer o estaleiro Eisa quando já era evidente a sua inaptidão para a construção dos navios contratados”, afirmou a procuradora da República Luciana Bogo, que assina a acusação.

Segundo a denúncia, Germán pagou propina de US$ 17,3 milhões a Machado entre 2009 e 2013, por contratos para construção de 8 navios nos estaleiros Mauá e Eisa. Depois, pagou mais US$ 4 milhões, também no exterior, na contratação de mais 4 navios.

Fonte: O Antagonista.



Categorias:Home, Lava Jato

Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: