Empresa ligada a operador do Pastor Everaldo recebeu R$ 35 milhões do governo Bolsonaro

“Alvo de busca e apreensão da PF por suspeita de lavagem de dinheiro no esquema da Saúde do Rio de Janeiro, a empresa Fênixx Segurança e Transporte de Valores recebeu ao menos 35 milhões de reais nos dois primeiros anos do governo de Jair Bolsonaro”, informa a Crusoé.

“A empresa aparece na Operação Tris In Idem, que resultou no afastamento de Wilson Witzel, como sendo ligada ao operador financeiro do Pastor Everaldo, o empresário Victor Hugo Barroso”.

Fonte: O Antagonista.



Categorias:Home, Justiça

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: