Universidade nega que curso citado no currículo de Kassio Marques exista

Instituição europeia informou que desembargador, indicado por Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal, fez, sim, um curso na universidade, mas como ouvinte e com duração de apenas quatro dias

A Universidad de La Coruña, na Espanha, negou que o desembargador Kassio Marques, indicado para ocupar a vaga do ministro Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF), tenha sido aluno de um dos seus cursos de pós-graduação, como é citado no currículo do magistrado.

No currículo enviado ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) consta a especialização em “Contratación Pública”. Procurada pelo jornal Estado de S. Paulo, contudo, a universidade europeia afirmou que não oferece o curso. “Informamos que a Universidade de La Coruña não ministrou nenhum curso de pós-graduação com o nome de Postgrado en Contratación Pública”, disse a instituição.

Ouvinte

A universidade confirmou que o magistrado participou de um curso, mas de apenas quatro dias. “Kassio Nunes Marques participou como ouvinte do ‘I Curso Euro-Brasileiro de Compras Públicas’, organizado pela Universidade da Coruña, o Programa Ibero-Americano de Doutorado de Direito Administrativo, a Rede Ibero-americana de Compras Públicas, o Instituto Brasileiro de Estudos Jurídicos de Infraestrutura e Grupo de Pesquisa de Direito Público Global, realizado na Escola de Direito da Corunha entre 1º e 5 de setembro de 2014”, diz um certificado apresentado pela instituição.

Fonte: Correio Braziliense.



Categorias:Home, Justiça

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: