Placar parcial nos EUA: Biden 238 X 213 de Trump no Colégio Eleitoral

Processo eleitoral foi pacífico

Apuração ainda deve demorar

A votação presencial na 3ª feira (3.nov.2020) foi majoritariamente pacífica nos Estados Unidos. Houve poucos incidentes isolados em Chicago (Illinois) e Michigan. Esta foi umas das mais imprevisíveis eleições da história recente dos EUA, com recorde de votação antecipada: mais de 100 milhões de votos.

A eleição presidencial nos EUA é indireta. Os norte-americanos escolhem delegados em cada 1 dos 50 Estados que depois formam 1 Colégio Eleitoral para nomear o ocupante da Casa Branca. Por essa razão, nem sempre quem tem mais votos populares é eleito.

O Colégio Eleitoral tem 538 delegados e para ser escolhido presidente é necessário ter, pelo menos, 270 dos votos.

Até 8h45 (horário de Brasília) de 4ª feira (4.nov), Joe Biden tinha 238 delegados contra 213 de Donald Trump. O Poder360 lista os resultados preliminares da eleição norte-americana:

  • Arizona (11 delegados): Biden
  • Kentucky (8 delegados): Trump
  • Vermont (3 delegados): Biden
  • Virgínia Ocidental (5 delegados): Trump
  • Virgínia (13 delegados): Biden
  • Carolina do Sul (9 delegados): Trump
  • Alabama (9 delegados): Trump
  • Delaware (3 delegados): Biden
  • Connecticut (7 delegados): Biden
  • Illinois (20 delegados): Biden
  • Mississippi (6 delegados): Trump
  • Tennessee (11 delegados): Trump
  • Maryland (10 delegados): Biden
  • Massachusetts (11 delegados): Biden
  • New Jersey (14 delegados): Biden
  • Oklahoma (7 delegados): Trump
  • Rhode Island (4 delegados): Biden
  • Arkansas (6 delegados): Trump
  • Indiana (11 delegados): Trump
  • Louisiana (8 delegados): Trump
  • Dakota do Norte (3 delegados): Trump
  • Novo México (5 delegados): Biden
  • Nova York (29 delegados): Biden
  • Dakota do Sul (3 delegados): Trump
  • Wyoming (3 delegados): Trump
  • Nebraska (5 delegados): Trump
  • Washington D.C. (Colúmbia) (3 delegados): Biden
  • Colorado (9 delegados): Biden
  • Kansas (6 delegados): Trump
  • Missouri (10 delegados): Trump
  • Califórnia (55 delegados): Biden
  • Idaho (4 delegados): Trump
  • Oregon (7 delegados): Biden
  • Washington (12 delegados): Biden
  • Utah (6 delegados): Trump
  • Havaí 4 delegados): Biden
  • Ohio (18 delegados): Trump
  • Montana (3 delegados): Trump
  • Iowa (6 delegados): Trump
  • Flórida (29 delegados): Trump
  • Minnesota (10 delegados): Biden
  • Texas (38 delegados): Trump
  • Maine (4 delegados): Biden

Entre os incidentes registrados estão brigas entre eleitores e “robocalls” em todo o país. Ligações e mensagens de texto enviadas aos eleitores incentivaram a população a “não sair de casa para votar” e espalhavam desinformação sobre a eleição, como a sugestão de que cidadãos “deixassem para votar em outro dia“. O FBI abriu uma investigação para apurar as ligações.

A pandemia também teve 1 grande impacto nas eleições, fazendo a modalidade de voto por correio bater recordes. Por causa das especificidades das eleições de 2020, vários Estados anunciaram que não conhecerão os resultados na noite das eleições. Por isso, o resultado de algumas unidades federativas só serão conhecidos dentro dos próximos dias.

Fonte: Poder360.



Categorias:Home, Política

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: